2 a 1 contra que virou 3 a 0 favorável

Prefeito Fabricio Pires de Carvalho, de Onda Verde, teve três contas aprovadas em uma única sessão ordinária.

2 a 1 contra que virou 3 a 0 favorável

Por causa da pandemia, três contas municipais da prefeitura de Onda Verde foram se acumulando até que na segunda-feira, 27 de setembro de 2021, elas entraram na pauta da 14ª sessão ordinária da câmara de vereadores.

As contas eram de 2017, 2018 e 2019, sendo que as duas primeiras tiveram parecer desfavorável pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, e a de 2019, o parecer foi favorável.

De acordo com o presidente da mesa diretora, vereador Jader Adriano Viana Sabino, foi um feito inédito a votação de três contas em uma única sessão do Legislativo ondaverdense.

As proposituras foram colocadas em única discussão e votação para cada ano e todas elas foram aprovadas.

As contas de 2017 e 2018, ambas com pareceres desfavoráveis, foram aprovadas por 7 votos contra 2. Já a de 2019, como teve parecer favorável pelo TC, foi aprovada por unanimidade.

Os vereadores José Roberto Martineli Alves e Rafaello Silva Marinho Cruz votaram a favor do parecer do TC. Os demais, Agenor José Marques Filho, Domício Cezar Pereira, Jader Sabino, Luís Fernando Delfino (Facha), Maria Aparecida Ferreira, Rafaela de Souza Pereira e Solange Fermino Garcia votaram contra, aprovando dessa maneira as contas de 2017 e 2018.

As contas de 2019 foram aprovadas por todos vereadores e assim a administração do prefeito Fabricio Pires de Carvalho foi vitoriosa nos três pareceres do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.